Recuperação de Banco de Dados

Banco de Dados é um conceito já explicado no próprio nome: consiste em um catálogo ou conjunto de informações armazenadas e organizadas seguindo critérios/categorias, e o intuito deste armazenamento é facilitar buscas e pesquisas de forma ordenada, visto que os dados se relacionam entre si a fim de gerar um sentido. À medida que a tecnologia avançou, os bancos de dados passaram a ser armazenados em softwares.

Comumente utilizados em ambientes corporativos, garantem o bom funcionamento das operações. Bancos de dados propiciam um perfeito gerenciamento das informações referentes a todos os setores da empresa, bem como a relação entre os mesmos (RH, jurídico, comercial, operacional, financeiro, etc). Mais do que isto, permitem gerenciar questões vitais de manutenção tais como registro de empregados, folhas de pagamentos, contabilidade, gestão de projetos, inventários e muitas outras informações.

Os bancos de dados são hoje a principal peça dos sistemas de informação, e costumam existir por vários anos seguidos sem alteração em suas estruturas. São operados pelos Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados. Como lidam com muitas informações de grande importância e de alto valor operacional, os Bancos de Dados necessitam contar com um alto nível de segurança para manter a integridade, a disponibilidade e o sigilo das informações, e é o papel de um sistema gerenciador de bancos de dados fornecer mecanismos que auxiliem nesta tarefa.

É comum o ataque à segurança do banco de dados através da injeção de SQL, nos bancos que fazem uso desta linguagem (sendo que bancos NoSQL também podem ser vítimas). A fim de evitar isto, o programador desenvolvedor de aplicações deve se certificar de que não exista entrada que permita alterar a estrutura de qualquer consulta enviada ao sistema.

Problemas em Banco de Dados

Algo amplamente corriqueiro é a possibilidade de um Banco de Dados perder ou alterar seu desempenho inicial, e os principais motivos são a falta de manutenção no Banco de Dados, um eventual dano físico nas mídias de armazenamento (gerados por choque físico, queda de energia, falha de leitura, etc) e conflitos de configuração.

Uma vez que um banco de dados apresente falha ou inacessibilidade, o próximo passo é comprometer o sistema a ele atrelado, cujo funcionamento depende das informações contidas na base de dados e cujos processos passam pela leitura, assimilação e utilização deste conteúdo. O comprometimento de um sistema é capaz de impossibilitar o funcionamento parcial ou até mesmo total de uma empresa, visto que muitos procedimentos básicos podem estar fundamentados em processos primordialmente automatizados cujas ordenadas são alimentadas pelas informações dos bancos de dados.

Pode ser bastante complexo determinar exatamente a causa da desconfiguração ou disfunção de uma base de dados, visto o montante de informações pertencentes à mesma. Todavia, o viés positivo de uma situação adversa como esta é que a RecoveryData, após acompanhar diversos casos de comprometimento de informações em função de problemas em bancos de dados de grandes empresas, voltou grande parte de sua atenção para pesquisas aprofundadas no intuito de descobrir o maior número possível de causas deste tipo de problema e, através de inúmeras pesquisas e testes práticos, desenvolveu um método amplamente exitoso que possibilita trabalhar com TODOS OS TIPOS de bancos de dados (contando com uma alta taxa de êxito na recuperação da funcionalidade dos mesmos).

Recuperar Banco de Dados MySQL

O MYSQL é o banco de dados de código aberto mundialmente mais popular. Devido a seu desempenho, à sua segurança e à facilidade de utilização, o MYSQL se firmou ao longo do tempo como a principal opção de banco de dados para aplicativos baseados na WEB, utilizado por grandes corporações como Facebook, Twitter, YouTube e outros.

Recuperar Banco de Dados SQL Server

O SQL Server é um sistema de gerenciamento de banco de dados da Microsoft, inicialmente elaborado em conjunto com a Sybase, e originalmente era apenas um complementar do Windows NT – e depois passou a ser aperfeiçoado e vendido separadamente. É também um dos sistemas mais usados no mundo atualmente, e possui disponíveis versões gratuitas e pagas. É bastante utilizado em websites onde são necessários cadastros, bem como em sistemas de lojas, onde são lançados produtos, o preço, marca, entre outras informações.

Recuperar Banco de Dados Oracle

O Oracle é um sistema vendido a nível mundial e, apesar de sua potência, fatores como seu elevado preço faz com que o vejamos, corriqueiramente, sendo utilizado em grandes empresas e multinacionais, de forma geral. No ambiente Web ocorre o mesmo: por se tratar de um sistema muito caro, não está tão presente quantos outros sistemas de base de dados também populares, como MySQL, SQL Server, etc. O Oracle é baseado na tecnologia cliente/servidor, e isto significa que, para sua utilização, é primeiro necessário instalar a ferramenta servidor (Oracle 8i) e posteriormente liga-la à base de dados a partir de outras máquinas com ferramentas de desenvolvimento tais quais o Oracle Designer e Oracle Developer (duas ferramentas básicas de programação Oracle). O desenvolvimento em Oracle ocorre em PL/SQL, linguagem esta de 5ª geração, extremamente potente para tratar e gerenciar a base de dados – também por norma geral costuma-se utilizar SQL ao criar um formulário.

Recuperar Banco de Dados Firebird

O Firebird é um sistema gratuito em todos os sentidos. Sem limitação de usos, possui suporte na internet em vários sites, o que facilita amplamente sua manutenção e a obtenção de ajuda técnica. Possui código aberto e não possui licença dupla – ou seja, você pode utilizá-lo em qualquer aplicação, seja comercial ou não, sem custos. Apesar do pequeno tamanho de seu instalador (menor do que 7 MB), pode gerenciar bancos de dados de alguns Kbytes até dezenas de Gigabytes com boa performance e praticamente sem necessidade de manutenção.
É disponibilizado em quatro versões: SuperServer , Classic , SuperClassic e Embedded. A versão Classic é indicada para máquinas com mais de um processador e em algumas situações específicas – inicia um processo independente do servidor para cada conexão estabelecida. O SuperServer compartilha o cache entre as conexões com o banco, e utiliza threats para gerenciar cada conexão. O SuperClassic usa threads em um único processo do servidor, com cache independente para cada conexão. A versão embedded é uma variação de servidor. Consiste em um servidor Firebird completo composto por apenas alguns arquivos, sem necessidade de instalação.

Recuperar Banco de Dados PostgreSQL

Este é um Sistema Gerenciador de Banco de Dados Objeto Relacional, desenvolvido com projeto de código aberto. Atualmente, é um dos sistemas de código aberto mais avançados. Tecnicamente falando, o PostgreSQL é um banco de dados relacional e orientado a objetos. Um de seus atrativos é possuir recursos comuns a banco de dados de grande porte, o que o deixa apto a trabalhar, inclusive, com operações de missão crítica. Além disso, trata-se de um banco de dados versátil, seguro, gratuito e de código aberto (disponível sob uma licença BSD). Possui compatibilidade multi-plataforma, trabalhando em vários sistemas operacionais. É compatível também com várias linguagens, dentre elas Java, PHP, Python e Ruby. As instruções são em SQL.