Dúvidas

  • É possível a recuperação de dados em HD SAS ou SCSI?
    Sim. A Recovery Data dispõe hoje da mais avançada tecnologia para recuperar dados perdidos em qualquer marca de HD SAS e SCSI.
  • Porque os sistemas RAID geralmente utilizam HD SAS ou SCSI?
    As razões principais são segurança e desempenho (performance). Através do sistema RAID SAS e SCSI a leitura e escrita de dados em discos pode se tornar extremamente mais rápida, sem desprezar a segurança, pois dependendo do tipo do RAID utilizado é possível que um servidor continue funcionando normalmente mesmo após 2 (de um total de 5 discos) se estragarem por uma descarga elétrica ou qualquer outro tipo de problema, o que é muito incomum com discos SCSI. Sistemas RAID são largamente utilizados em servidores de banco de dados de missão crítica que não podem sofrer qualquer tipo de interrupção, como por exemplo provedores de internet, bancos etc.
  • Quais as vantagens dos HDs SCSI e SAS?
    As vantagens dos discos rígidos SCSI e SAS não se resumem apenas à questão da velocidade, mas também da compatibilidade e estabilidade. Sendo o processador o dispositivo mais rápido do computador, o uso do padrão SCSI permite que essa velocidade seja aproveitada e assim, aumenta-se de forma considerável o desempenho do computador. Isso deixa claro porque o SCSI é aplicado principalmente em servidores e em aplicações de missão crítica. Em gráficas, o uso de scanners poderosos poderia ser inviável se o computador não conseguisse processar as imagens rapidamente, devido à baixa taxa de transferência. O padrão SCSI consegue resolver essa questão.
  • O que é um HD SAS?
    SAS significa Serial Attached SCSI, é a evolução dos antigos discos rígidos SCSI para a tecnologia serial ATA. SAS é um barramento serial e tende a ser utilizado em sistemas RAID ARRAY encontrados em novos servidores por ser mais confiável, rápido e versátil que o antigo SCSI.
  • O que é um HD SCSI?
    SCSI é sigla para Small Computer System Interface. Trata-se de uma tecnologia criada para acelerar a taxa de transferência de dados entre dispositivos de um computador, desde que tais periféricos sejam compatíveis com a tecnologia. O padrão SCSI é muito utilizado para conexões de HD (disco rígido), scanners, impressoras, CD-ROM ou qualquer outro dispositivo que necessite de alta transferência de dados.
  • Qual o tempo necessário para recuperar um sistema RAID ARRAY?
    Levando-se em consideração a complexibilidade de um HD SAS ou SCSI, e de um sistema RAID, o serviço é relativamente rápido. O tempo necessário para recuperar dados em HD RAID normalmente é de 01 a 05 dias. Porém, dependendo da situação específica em que se encontrarem os hard disks, poderá demorar mais.
  • Quanto custa uma recuperação de dados em sistemas RAID ARRAY?
    O valor para recuperação de dados em sistemas RAID depende muito dos procedimentos, materiais, tempo e pesquisa necessários para a restauração da informação no sistema RAID ARRAY, portanto não é possível orçar um valor aproximado sem antes realizar um diagnóstico no sistema RAID.
  • E quanto ao sigilo dos dados do meu sistema RAID ARRAY?
    Ao requisitar os serviços de recuperação de dados em RAID e SCSI da Recovery Data, o contratante fica totalmente resguardado quanto ao sigilo das informações. O nosso trabalho segue um rígido código de ética e privacidade total em relação a todos os dados resgatados. Não utilizamos nem cedemos quaisquer informações recuperadas de mídias de nossos clientes. Se necessário, o contratante pode requerer ou elaborar um termo de confidencialidade ou um NDA (Non-disclosure agreement) atestando que nossos serviços terão sigilo total em relação às suas informações.
  • É necessário enviar junto o servidor RAID para a recuperação dos dados?
    Na maioria das vezes não! Basta enviar somente os discos. Uma empresa especializada em recuperação de dados em sistemas RAID tem toda a estrutura necessária para realizar o serviço, não sendo necessário ter o imenso trabalho de enviar um servidor, porém em algumas poucas situações pode se tornar necessário.
  • Como remover o RAID ARRAY do servidor?
    Caso seja extremamente necessário, recomendamos que ao retirar os discos do servidor, seja anotada cuidadosamente a ordem seqüencial dos mesmos. Embora seja perfeitamente possível recuperar dados mesmos em situações onde ocorreu a perda da ordem seqüencial dos discos, a observação deste procedimento irá possibilitar retornar os discos ao servidor na ordem correta (caso necessário) e fará com que o trabalho de recuperação de dados seja realizado mais rápido.
  • O que fazer caso um servidor com HD SCSI ou SAS e sistema RAID ARRAY apresente problema? Preciso muito recuperar os dados importantes?
    A primeira coisa a fazer é verificar se o backup está atualizado. Se não possuir backup atualizado e você não for um especialista em RAID, é melhor procurar ajuda de uma empresa profissional como a Recovery Data. Um sistema RAID com 4 discos possui mais de 400 combinações diferentes de acesso aos dados. CUIDADO! Se estas combinações forem modificadas ou perdidas, talvez nem mesmo uma empresa especializada em recuperar HD SCSI e sistemas RAID poderá recuperar os dados.
  • Em quais situações é possível recuperar dados em sistemas RAID? Quais as chances de recuperação dos meus dados importantes?
    Na grande maioria dos casos, é possível recuperar dados em sistemas RAID. São poucos os casos em que realmente não conseguimos recuperar os dados. Atualmente, o nosso índice de recuperação de dados em sistemas RAID está em torno de 80% dos casos. O principal motivo da impossibilidade da recuperação dos dados em alguns casos é a inexperiência de outras "empresas" que se dizem especializadas e mal sabem a diferença entre um HD IDE e um SCSI.
  • É possível recuperar dados em RAID? A Recovery Data recupera dados em RAID?
    A Recovery Data é uma empresa especializada em recuperação de dados em RAID de todos os níveis. Nosso laboratório especializado também possui ferramentas específicas para recuperar HD SCSI caso este venha a falhar dentro de um sistema RAID sem redundância.
  • O que é um sistema RAID (ou RAID ARRAY)?
    RAID - Redundant Arrays of Independent Disks ou Matriz Redundante de Discos Independentes, é uma tecnologia que permite organizar / sincronizar vários discos (HDs) para formar um único disco lógico. Com um sistema RAID pode-se conseguir consideráveis melhorias na velocidade de acesso aos dados. Existem vários tipos/níveis/configurações de RAID. Os mais utilizados são RAID 0, RAID 1 e RAID 5. Geralmente se utiliza HD's SCSI ou SAS para configurações RAID ARRAY.
  • Quais são os níveis de RAID mais comuns que vocês recebem para recuperação?
    • RAID
      A Recovery Data tem larga experiência na recuperação de dados em servidores e workstations de grande, médio e pequeno porte. Nossos profissionais estão plenamente capacitados para recuperar dados perdidos em servidores que utilizem tecnologias RAID e HDs SCSI com qualquer sistema operacional: Windows NT, Novell, Linux, Unix, Solaris e FreeBSD. Já recuperamos com sucesso dados perdidos em servidores como DELL, IBM, SUN, HP, Lenovo, e COMPAQ.
    • RAID 0
      É o nível de RAID mais simples, na verdade o RAID 0 nem deveria ser chamado de RAID, e sim "AID 0", pois ignora a redundância. Os arquivos são separados em blocos ou stripes e estes são salvos sequencialmente em cada HD do RAID, fazendo com que a velocidade de leitura/gravação seja proporcional ao número de hard disks que compõem o array.
    • VANTAGEM
      Este nível de RAID é muito procurado para aplicações que precisam de altíssima velocidade, como por exemplo a gravação ou captura de vídeo e som em tempo real.
    • DESVANTAGEM
      A perda de qualquer um dos hard disks representará a perda de dados de todo o array.
    • RECUPERAÇÃO
      A Recovery Data possui tecnologia para recuperar dados perdidos em RAID 0.
    • RAID 1
      Também conhecido por espelhamento ou mirroring. No RAID 1 todos os dados salvos são duplicados em outro hard disk. Uma variação popular deste RAID é o duplexing, aonde além do HD a placa controladora também é duplicada, oferecendo assim mais segurança.
    • VANTAGEM
      A segurança deste nível de RAID é muito boa, principalmente quando implementado junto com duplexing.
    • DESVANTAGEM
      A perda de performance em relação ao RAID 0 e o custo elevado da sua implementação, pois cada hard disk presente no array tem que ser duplicado.
    • RECUPERAÇÃO
      A Recovery Data recupera dados perdidos em RAID 1.
    • RAID 5
      No RAID 5 tanto os dados como informações de paridade são separados em blocos ou stripes entre três ou mais hard disks. As vezes é confundido com o RAID nivel 4, porém a diferença que o RAID 4 tem um drive exclusivo para paridade, enquanto que o RAID 5 distribui a paridade por todos os HDs do array.
    • VANTAGEM
      Devido a esta distribuição de paridade entre os hard disks, o RAID 5 oferece uma ótimo nível de segurança enquanto que mantém uma performance de leitura dos dados muito boa.
    • DESVANTAGEM
      Não é tão rápido quanto um RAID 0, devido a necessidade de gravar os dados de paridade.
    • RECUPERAÇÃO
      A Recovery Data possui tecnologia para recuperar dados perdidos em RAID 5.
    • RAID RAID 01 ou 0+1
      Esta nomenclatura provém de utlilização de dois níveis de RAID juntos, RAID 0 + RAID 1. Exemplo: Os hard disks de nr. 1, 2, e 3 formam um RAID 0 sendo após espelhados pelos hard disks de nr. 4, 5 e 6 configurados em RAID 1 sobre o RAID 0, fomando dois grupos A e B.
    • VANTAGEM
      Excelentes níveis de performance e segurança.
    • DESVANTAGEM
      O alto custo de implantação.
    • RECUPERAÇÃO
      A Recovery Data recupera dados perdidos em RAID 01.
    • RAID 10 ou 1+0
      Assim como o RAID 01, o RAID 10 é o resultado da utilização de um RAID 1 + RAID 0. Exemplo: Os hard disks nr. 1, 3 e 5 colocados em RAID 0, e depois espelhados em RAID 1 pelor hard disks nr. 2, 4 e 6, formando três grupos - A, B e C.
    • VANTAGEM
      Mesmo nível de performance de um RAID 01, porém o nível de segurança em caso de desastres - fault tolerance - é maior, pois este nível de RAID só para se os dois hard disks de um mesmo grupo apresentarem defeito ao mesmo tempo.
    • DESVANTAGEM
      O alto custo de implantação.
    • RECUPERAÇÃO
      A Recovery Data possui tecnologia para recuperar dados perdidos em RAID 10.